Marcelo Duprat; Pintura contemporânea

Hamadríade Piteco

Pessoal, desculpem mas acabei abrindo novamente um quadro que havia postado como concluído. É difícil….

Outro dia estava conversando com um amigo pintor, Renato, que comentou que gostava de acrescentar, no fim de seus quadros, coisas fora do contexto. Concordei e esclareci que o mesmo acontecia comigo. Muitas vezes, no fim, sinto que o quadro pede uma contradição interna, algo dissonante, que crie uma certa “bagunça”. Parece que o quadro com isso ganha mais espontaneidade, mais naturalidade.

Claro que alguns quadros se fecham e expulsam a gente que os criou. Não aceitam mais nenhuma pincelada sequer.  Mas outros, como este, permanecem irritantemente reclamando que falta alguma coisa. Eu já o havia “terminado” a muito tempo e trabalho atrás. Tenho até uma foto não postada desta etapa. Tinha alcançado o que tinha imaginado, o clima e etc, mas estava fraco, convencional, sem nada de surpreendente.

DSC_0204

Depois que trabalhei nele consegui algumas coisas nos planos internos do rosto que satisfaziam o quadro – mas depois de uns meses…. como uma pessoa ranzinza, lá estava ele reclamando que faltava alguma coisa.

DSC_0204 (2)

Depois do que aprendi nos últimos quadros, entrei com uma veladuras amplas de vermelho (para aquietar os contrastes de cor no fundo), mudei um bocado o desenho do tronco e cabelo, e, como tudo estava sendo desenhado evitando as linhas de contorno ou áreas com limites, acho que por isso, acabei imaginando a gargantilha preta e o triângulo verde – formas bem contornadas e contradição que faltava. O desenho do pescoço estava me incomodando mesmo, cabia ser radical ali.

Acho que ficou bem melhor.

Mas, permanece constrangedor mexer em quadros antigos. Fazer o que? Alguns são assim, pedem uma longa convivência e são difíceis da gente se entender com eles. Ficam querendo nos dar mais e mais lições – isso quando não resolvem nos esculhambar de vez, e se estragar completamente. Neste caso vão embora deixando somente a sensação de tempo perdido.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

Uma ideia sobre “Hamadríade Piteco

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s